Grupo Conviva

5 Dicas para Evitar Fraudes Contra Idosos

idoso apoiado nas mãos

Quem nunca ouviu falar de fraudes ou tentativas de golpes em idosos? Familiares de idosos que fazem movimentações financeiras precisam ter atenção redobrada!

Os golpes mais comuns

Veja quais são e algumas dicas para se proteger:

  • Caixa eletrônico: Ao perceber que o idoso está com dificuldades no caixa eletrônico, o golpista oferece “ajuda” e pode roubar a senha ou até mesmo o cartão do idoso.
  • Empréstimo: De alguma forma, o indivíduo busca obter os dados e a assinatura do idoso. A fraude envolve se passar, por exemplo, por um agente do INSS fazendo algum tipo de cadastramento, exigindo os documentos. De posse das informações, os golpistas fazem empréstimos em nome da vítima
  • Falso sequestro: O criminoso telefona dizendo que sequestrou um parente da vítima, pedindo dinheiro para o resgate. Mesmo se tratando de uma fraude muito usada, continua fazendo vítimas devido ao medo que gera no idoso.
  • Via telefone: O golpista se passa por funcionário do banco ou de alguma instituição, e solicita os dados bancários da vítima, incluindo números do cartão de crédito e senhas. Com as informações passa a fazer compras em nome do idoso.

Evitando as fraudes

  1. Oriente o idoso a nunca pedir a ajuda de estranhos e confiar somente nos funcionários da agência bancária que estejam devidamente identificados.
  2. Muitas vezes os idosos gostam de puxar assunto e conversar com estranhos. A socialização é importante, mas deve-se ter cuidado para não passar informações pessoais ou sobre a família, que podem ser usadas por pessoas mal intencionadas.
  3. Deve-se ter atenção para nunca assinar documentos referentes a dados bancários ou contratação de qualquer serviço na porta de casa. Sempre é possível que os criminosos falsifiquem até mesmo uniformes para aplicarem golpes. Em caso de dúvida, entre em contato com o banco ou empresa.
  4. Funcionários de instituições podem até fazer confirmações e informações, mas nunca pedirão número completo e senha do cartão de crédito. Nunca passe esses dados por telefone. Se desconfiar, peça também os dados da pessoa do outro lado da linha, como nome completo, de qual banco é e número da agência.
  5. Alerte o idoso para o caso de receber telefonemas ou mensagens avisando sobre prêmios e sorteios. Caso não se tenha inscrito em alguma promoção, é sinal de alerta para golpes.
      

Sobre o Autor Ver todos os posts

Grupo Conviva

Grupo Conviva

Um espaço humanizado para o idoso. Um novo conceito no cuidado para o idoso. Com espaço situado em uma área verde de 5 mil m², em Indaiatuba, ele aproxima as pessoas da natureza, oferecendo qualidade de vida através de estímulos, trocas de experiências, socialização e convivência em grupo.

1 ComentárioDeixe o seu comentário

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados *