Grupo Conviva

Mitos e verdades sobre o Diabetes

O Diabetes tipo 2, doença bastante comum entre indivíduos idoso, é uma condição crônica que afeta o modo como o corpo processa o açúcar, ou glicose, no sangue. Se não tratada e controlada adequadamente, a Diabetes pode gerar várias complicações como doenças renais, danos aos nervos dos pés e membros inferiores, problemas oculares, sensibilidade da pele, entre outros.

Apesar de bastante divulgado, ainda existem questões nas quais as pessoas têm dúvidas a respeito desta doença. Por isso, separamos algumas delas e esclarecemos cada um deles:

  1. Diabetes é contagioso? Não. Muitas mães diabéticas têm filhos que não desenvolvem a doença.
  2. Diabéticos podem consumir alimentos com mel e caldo de cana? Moderadamente, pois estes alimentos contém sacarose, um grande vilão para os diabéticos.
  3. Algum tipo de alimento pode ajudar no controle da glicose no sangue? Alimentos com índice glicêmico baixo, como a maçã, retardam a absorção de glicose pelo sangue e ajudam a estabilizar a doença.
  4. Quem tem diabetes pode consumir bebida alcoólica? Moderadamente. Embora permitido, deve ser de forma moderada e junto com a refeição. É recomendável o monitoramento do índice glicêmico antes e depois da ingestão de álcool.
  5. A aplicação de insulina causa dependência? Não, pois não ocorre nenhum tipo de dependência química ou psíquica.
  6. O estresse descontrola o diabetes? Sim. A taxa de glicose sanguínea sobe em qualquer indivíduo quando ele está nervoso, seja diabético ou não.
  7. Diabéticos podem se expor à altas temperaturas? Não. O diabetes altera a pressão e compromete os vasos sanguíneos, dificultando o processo de cicatrização. A exposição à altas temperaturas, como sauna por exemplo, pode agravar ou desencadear quadros de angiopatias ou outros problemas cardíacos.

Sobre o Autor Ver todos os posts

Grupo Conviva

Grupo Conviva

Um espaço humanizado para o idoso. Um novo conceito no cuidado para o idoso. Com espaço situado em uma área verde de 5 mil m², em Indaiatuba, ele aproxima as pessoas da natureza, oferecendo qualidade de vida através de estímulos, trocas de experiências, socialização e convivência em grupo.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados *