Grupo Conviva

Os perigos da Polifarmácia entre idosos

Polifarmácia é o termo utilizado para definir o uso contínuo de vários medicamentos. Fato que, atualmente, é extremamente frequente e comum entre idosos, uma vez que é um grupo etário com maior índice de doenças crônicas, insuficiências e fragilidades. Porém, um problema sério acerca deste tema é que  muitas vezes as indústrias farmacêuticas contribuem para a medicalização exagerada, através dos profissionais da saúde, contribuindo para o excessivo uso de fármacos, necessários ou não para determinadas comorbidades e para a saúde geral do indivíduo.

Apesar de os medicamentos serem extremamente necessários, os idosos são mais suscetíveis aos efeitos colaterais dos mesmos, que podem inclusive incrementar patologias já existentes, e portanto a polifarmácia está associada ao aumento do risco e da gravidade das reações adversas aos medicamentos, de favorecer interações medicamentosas, de causar toxicidade cumulativa, de ocasionar erros na utilização das medicações, de reduzir a adesão ao tratamento e elevar a taxa de mortalidade.

Dessa forma, para evitar riscos desnecessários, tratamentos preventivos e não farmacológicos devem ser priorizados, principalmente para os idosos. Como exemplos podemos citar: exercícios físicos, acompanhamento nutricional, acupuntura, yoga, fisioterapia, entre outros.

É extremamente importante que os idosos e seus familiares/cuidadores evitem a automedicação, sendo também necessário que os médicos e demais profissionais da saúde se conscientizem a respeito, e passem a prescrever e administrar medicamentos apenas quando houver real necessidade.

Sobre o Autor Ver todos os posts

Grupo Conviva

Grupo Conviva

Um espaço humanizado para o idoso. Um novo conceito no cuidado para o idoso. Com espaço situado em uma área verde de 5 mil m², em Indaiatuba, ele aproxima as pessoas da natureza, oferecendo qualidade de vida através de estímulos, trocas de experiências, socialização e convivência em grupo.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados *