Grupo Conviva

Trabalho na terceira idade: entenda os benefícios

via Portal Plena

Na cultura oriental o idoso é visto com respeito e veneração, representando uma fonte de experiência, enquanto em outras, o idoso representa “o velho”, “o ultrapassado” e “a falência múltipla do potencial do ser humano”.

No entanto vale uma reflexão muito interessante nos dias atuais. Os jovens saem da faculdade cheios de energia, mas, com raríssimas exceções, não estão prontos para assumirem uma posição de destaque nas empresas. Entretanto, há pessoas idosas que produzem, têm criatividade e possuem um poder imenso de começar de novo.

O próprio Roberto Marinho produziu mais que muitos jovens até perto dos noventa anos. Outros exemplos que resistem ao tempo são pessoas como Hebe Camargo, Silvio Santos, Oscar Niemeyer e tantos outros. Cora Coralina, a poetisa que lançou seu primeiro livro depois dos 76 anos é um ótimo exemplo de recomeçar na terceira idade.

Como podemos simplesmente dizer que os idosos pararam no tempo? Para o idoso trabalhar é importante porque o mantém inserido na sociedade, faz com que ele se sinta útil e, principalmente, não tenha problemas emocionais.

Algumas dicas para o idoso que quer se recolocar no mercado de trabalho:
  • Fazer um curso de computação para a terceira idade.
  • Preparar um bom currículo, colocando suas experiências e referências profissionais e pessoais;
  • Mostrar vontade de aprender;
  • E não se esquecer do networking, procurar os amigos e conhecidos e dizer  que quer voltar ao mercado de trabalho e espera sua ajuda nesta recolocação.
Enquanto isso as empresas deveriam se conscientizar de que contratar idosos significa algumas vantagens:
  •  Cria uma simpatia entre os clientes que valorizam a atitude da empresa podendo inclusive aumentar seu movimento;
  • Cria a responsabilidade social, fazendo seu papel para um mundo melhor;
  • Ganha na sabedoria, já que os idosos têm mais vivência e entendem mais sobre o atendimento a clientes;
  • O idoso tende a ter mais facilidade no relacionamento interpessoal;
  • Muitas vezes é mais carinhoso e paciente com os clientes colocando sua vivência no atendimento personalizado e diferenciado;
  • Possui maior disponibilidade de tempo já que não possui filhos em idade de levar a escola, buscar, médicos, reuniões de escola, entre outros contratempos;
  • Já é aposentado e viveu o suficiente para não entrar em brigas para competir vagas e criar conflitos;
  • Sabe da sua condição e é capaz de valorizar seu emprego e sua chefia mais do que tudo na vida;
  • É alegre e bem disposto, trabalha muitas vezes por opção e gosta do que faz!
Em resumo: “As empresas só tem a ganhar em quebrar paradigmas e rever o papel do idoso no mercado de trabalho. Parabéns àquelas empresas que já perceberam que poderão fazer a diferença para muitos idosos neste país.

Sobre o Autor Ver todos os posts

Grupo Conviva

Grupo Conviva

Um espaço humanizado para o idoso. Um novo conceito no cuidado para o idoso. Com espaço situado em uma área verde de 5 mil m², em Indaiatuba, ele aproxima as pessoas da natureza, oferecendo qualidade de vida através de estímulos, trocas de experiências, socialização e convivência em grupo.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados *